Header Ad

Categories

Most Popular

6 Dicas fundamentais para todo Iniciante no Jiu-Jitsu

O começo na arte suave nunca foi fácil para ninguém. Se aprender a amarrar a faixa já é um desafio para um Iniciante no Jiu Jitsu, imagine compreender os detalhes de um triângulo da guarda fechada.

A boa notícia é que, apesar de cada um ter o seu caminho e aprender de forma diferente, algumas dicas no Jiu Jitsu são universais e ajudam qualquer praticante no seu caminho à faixa preta.

Pensando nisso, a Stormstrong separou 6 dicas valiosas que nos ajudaram em nosso início com a arte suave e com certeza poderão ajudar você.

Confira agora!

 

1 – Repetição é a chave do sucesso de um Iniciante no Jiu Jitsu

É muito provável que seu Professor/Mestre sempre enfatize que você deva repetir a técnica do dia o máximo de vezes que conseguir.

Ainda assim, muitos alunos repetem “duas para cada lado” e passam a conversar sobre assuntos aleatórios, ou mesmo tentar técnicas diferentes.

Isso, porém, só atrasa a evolução dos mesmos! Se você pretende ser um iniciante no jiu jitsu de respeito, ouça seu professor! Esteja atento durante a explicação e faça suas repetições com foco total.

Além disso, tão importante quanto repetir mais, é repetir direito. Cada repetição deve ter o objetivo de ser melhor que a última e mais próxima daquilo que o seu professor ensinou.

Para tanto, não tenha vergonha de chamar o seu professor quando tiver dúvidas ou mesmo para lhe dar algum feedback sobre a técnica. No início é difícil perceber os seus erros, e não há ninguém melhor que ele para sugerir uma correção.

#StormStrongRecomenda: Quer saber se sua técnica está se tornando mais eficiente? Perceba o quanto você se “desgasta” para fazê-la funcionar: se você precisa de muita força para aplica-la, provavelmente está errando em algum detalhe!

 

2 – Pratique as técnicas, mas foque nos conceitos

A forma mais comum de aprendizado em boa parte das academias de Jiu Jitsu se dá a partir da repetição de técnicas/posições.

Muitas vezes, o Iniciante no Jiu Jitsu acredita que um faixa preta é alguém que memorizou centenas ou milhares de técnicas e posições, passo a passo.

Porém, no fundo, não é isso que faz um jiujiteiro de sucesso. Memorizar todas essas técnicas completas demandaria energia e tempo que ser humano nenhum é capaz de ter.

O Faixa Preta, na verdade, é alguém que usou do estudo e repetição de técnicas para aprender os conceitos que existem por trás das mesmas.

Esses conceitos, por sua vez, podem ser portados para outras diversas situações do Jiu Jitsu.

Se você aprende uma Abertura da Guarda Fechada, por exemplo, não foque na posição em si, mas nos conceitos de base e postura que estão por trás dela!

Quem foca em conceitos, aprende muito mais rápido e facilmente, do que quem foca apenas em posições!

 

3 – Estude e pratique também fora do tatame…

Não, não estou falando para você “rolar” com seus colegas no gramado e nem apertar um mata-leão em seus familiares!

Jiu Jitsu se aprende no tatame, sempre com a supervisão do seu professor.

Porém, existem formas concretas de usar o seu tempo livre para evoluir na arte suave. E estudar Jiu Jitsu é uma das melhores formas.

Vídeos online e plataformas de ensino, podem ser ótima formas de suplementar o seu treino, quando utilizados corretamente.

Mas um Iniciante no Jiu Jitsu não deve focar apenas em evoluir na parte técnica da arte suave. O estilo de vida do Jiu Jitsu vai muito além de aprender um Armlock ou uma Defesa de Double Leg.

Conhecer a história e a filosofia da arte suave (da origem do Jiu-Jitsu Tradicional e Judô à difusão do Jiu Jitsu Brasileiro) é indispensável para qualquer praticante.

Dessa forma você se beneficiará não apenas dentro do Jiu Jitsu, como também melhorará outras áreas da sua vida através dele.

 

4 – …Mas evite o excesso de informações

Por maior que seja a sua fome por aprendizado, nossa energia para aprender é indiscutivelmente limitada.

Assistir a três horas seguidas de técnicas aleatórias no YouTube não fará nada além de confundir sua cabeça e gastar seu precioso tempo.

A regra é simples: Qualquer prática extra tatame deve suplementar e nunca atrapalhar o seu treino.

#StormstrongRecomenda: Se seu professor está ensinando uma raspagem da guarda fechada essa semana, focalize seus estudos melhorar a sua guarda fechada. Assistir a um ou outro bom vídeo ou ler blogpost sobre o tema irá suplementar seu treino, com certeza. Porém, tenha sempre em mente que Jiu Jitsu se aprende no tatame!

5 – Paciência é fundamental para um Iniciante no Jiu Jitsu

O Jiu Jitsu não é e nunca será uma arte simples de aprender, por mais talentoso que seja o aluno e experiente o seu professor.

O fato é que, se você não for paciente, a falta de tempo para treinar, aliado a alta complexidade das técnicas, lesões e diversas outras dificuldades, podem te levar ao caminho da frustração.

Ser paciente, no entanto, não tem nada a ver com ser preguiçoso.

Treinar, buscar informações, competir e dar o seu melhor a cada dia, irá te ajudar a alcançar seus objetivos, com toda certeza.

Mas nada irá te trará mais benefícios do que a consistência e a resiliência.

Quem espera os resultados para “ontem”, tem uma grande probabilidade de ser freado pela frustação.

 

6 – Divirta-se!

E como podemos continuar firme na difícil caminhada da arte suave, apesar de todas as dificuldades e barreiras?

A resposta é simples, apesar de não ser tão fácil de ser aplicada:

Você deve buscar sempre se divertir!

O fato é que, com toda a correria do dia-a-dia e milhares de desculpas para você não treinar, a melhor forma de você manter-se consistente é gostando de verdade do que está fazendo.

Se você se vê na obrigação de evoluir e se frustra cada vez que erra uma técnica ou é finalizado, seu caminho no Jiu Jitsu será curto.

Infelizmente não existe uma fórmula mágica para a diversão no Jiu Jitsu. Cada indivíduo sabe o que faz do Jiu Jitsu algo valioso e divertido para si.

Porém, aqui vão algumas coisas que podem te ajudar a fazer a sua caminhada inicial ser mais fácil e prazerosa.

  • Convença um amigo próximo a treinar com você.
  • Faça amizades no seu tatame, e também com praticantes de outras equipes.
  • Viaje para campeonatos com sua equipe, mesmo que seja só passar assistir/ajudar seus parceiros de treino.

Agora é com você!

E aí, o que achou das dicas?

Agora é com você! Se você é Iniciante no Jiu Jitsu, responda abaixo contando um pouco da história de como você conheceu a arte suave e começou a treinar.

Também aproveite para conhecer nossa página no Facebook e Instagram e YouTube e fique por dentro de nossas novidades e promoções.

Stormstrong Fight Co.

Desde 2005

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.