Header Ad

Categories

Most Popular

Como evitar lesões no Jiu-Jitsu

Todo praticante de esportes e artes marciais estará, inevitavelmente, sujeito a lesões. E com o Jiu Jitsu não é diferente!

No entanto, com algumas mudanças de atitudes, conseguimos reduzir o nosso risco de lesões em quase 100%!

Enquanto algumas lesões geram apenas pequenos incômodos, outras mais sérias podem tirar o praticante dos tatames por muito tempo – ou até para sempre -.

Por isso, prevenir lesões deve ser uma preocupação constante para quem pretende treinar Jiu Jitsu para o resto de suas vidas.

Nesse post traremos algumas dicas para que você possa treinar Jiu Jitsu eternamente e evitar ao máximo a incidência de lesões.

 

Bata cedo, bata com frequência

“Quem bate hoje, treina amanhã!”.

A primeira e mais importante atitude que você pode tomar para evitar lesões é deixar o seu ego fora do tatame.

Portanto, sempre que se ver em uma situação de finalização, não tenha vergonha de “dar os três tapinhas” e recomeçar.

O ideal é que você não permita que nenhuma finalização seja estendida até o ponto de você sentir dor, especialmente quando falamos de articulações como o joelho e o cotovelo.

Bater cedo não apenas evita lesões, mas pode ser uma forma de melhorar seu Jiu Jitsu. Isso porque você passará a tentar prevenir as finalizações, e não apenas defende-las depois de encaixadas.

Leia agora as 6 Dicas fundamentais para todo Iniciante no Jiu Jitsu.

Dê tempo para seu parceiro de treino bater

Além de tomar cuidado no momento em que você está sendo finalizado, é de grande importância tomar cuidado quando você estiver FINALIZANDO seus colegas de treino.

Sempre que encaixar uma finalização de articulação em seu colega, aplique força de forma lenta e gradativa, dando tempo para ele bater.

Isso não apenas previne que seu parceiro de treino se machuque, mas também ajuda a melhorar o seu controle durante finalizações, gerando um resultado muito positivo na sua evolução com o Jiu Jitsu.

Além disso, se você estiver acostumado a “arrochar” as finalizações durante o treino, é provável que seus colegas não tenham o mesmo cuidado com você quando pegarem o seu braço.

 

Nunca pule o aquecimento

Outra receita perfeita para se machucar é chegar no treino direto para o “rola” sem nenhum aquecimento.

Um bom aquecimento eleva a circulação sanguínea, lubrifica as articulações e ativa as musculaturas, diminuindo em muito os riscos de lesão.

No entanto, em algum momento, você poderá chegar atrasado e perder o momento do aquecimento.

Nesses casos, se perceber que seu corpo ainda está frio, comece o treino com a menor intensidade possível e vá aumentando gradativamente conforme sentir o seu corpo mais solto e ativo.

Quer fazer seus Kimonos de Jiu Jitsu durarem muito mais tempo? Leia este post e aprenda.

Treine sua força e mobilidade

Fortalecer a musculatura e melhorar sua mobilidade é muito importante quando o assunto é prevenção de lesões.

O fato é que o Jiu Jitsu envolve diversas posições nada anatômicas nem naturais para o nosso corpo: as intensidades de força e peso variam o tempo todo e não conseguimos prever os movimentos que nosso parceiro de treino irá fazer em seguida.

Portanto, se o seu corpo não estiver preparado para aguentar essas situações, seus riscos de lesões serão muito maiores.

As práticas mais recomendadas para isso são: Musculação, Treinamento de força, Pilates, a Yoga, fisioterapia preventiva, dentre outros.

Contudo, mais importante que escolher a modalidade é escolher um profissional que possibilite prevenir lesões e não as gerar.

 

Conheça e ouça o seu corpo

Ninguém é igual a ninguém e não existem fórmulas mágicas que funcionem para todos os praticantes de Jiu Jitsu.

Por isso é extremamente necessário você conhecer e o seu corpo e suas limitações.

Enquanto algumas posições podem parecer tranquilas para certos indivíduos, para outros apresentaria um grande risco de lesão.

Sofrer uma Passagem de Guarda Emborcando, por exemplo, não é nada saudável para alguém que sofra de problemas na coluna.

Além disso, ouvir os sinais que seu corpo envia (dores, instabilidades, inchaços ou mesmo barulhos estranhos) é essencial para se manter saudável treinando Jiu Jitsu.

 

Busque um profissional e descanse sempre que necessário

Caso perceba alguma dor ou sinal persistente de que algo está errado no seu corpo, descanse busque imediatamente um profissional adequado para avaliar sua situação.

Vivemos uma cultura dentro dos esportes do chamado “No Pain, no Gain”, que traduzido literalmente significa “sem dor, sem resultados”.

Isso faz com que muitos acreditem que TODA dor seja um sinal de que você está evoluindo na sua prática, o que não é verdade!

Dores articulares e instabilidades, por exemplo, podem sinalizar o aparecimento de lesões graves que, caso não curadas, podem afastar alguém eternamente dos tatames!

Portanto, a cada sinal de dor dê um tempo para o seu corpo descansar e não hesite em buscar um médico ou fisioterapeuta para avaliar e tratar sua situação.

 

Lesões no Jiu Jitsu

Se você tem o Jiu Jitsu como estilo de vida e quer treinar até sua velhice, que tal dar mais atenção à prevenção de lesões?

Então, leitor, gostou do post? Que outras formas você recomendaria para evitar Lesões no Jiu Jitsu? Responda nos comentário abaixo contribuindo para a discussão.

Também aproveite para conhecer nossa página no Facebook e Instagram e YouTube e fique por dentro de nossas novidades e promoções.

Stormstrong Fight Co.

Desde 2005.

Powered by Rock Convert

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.