Header Ad

Categories

Most Popular

Os 12 Mandamentos de Carlos Gracie para o Jiu-Jitsu e a vida

Todo praticante de Jiu Jitsu já ouviu ou leu histórias sobre o criador do Jiu Jitsu Brasileiro, Carlos Gracie.

Nascido em Belém do Pará, em 1904, Carlos dedicou sua vida à difusão e aperfeiçoamento da arte suave.

E mesmo após sua morte, há mais de duas décadas, seu legado continua vivo, não apenas através de milhares de academias de Jiu Jitsu espalhadas pelo mundo, mas em algo ainda mais grandioso.

Através de palestras, livros e a famosa Dieta Gracie, Carlos inspirou e continua a inspirar pessoas ao redor do mundo a cultivar uma saúde física e mental.

E foi em um desses livros que Carlos listou os hábitos que fizeram dele um ícone. Confira aqui os 12 Mandamentos de Carlos Gracie:

 

1 – Ser tão forte que nada possa perturbar a paz da tua mente.

A Força Física pode te ajudar em muitos aspectos, mas é na Força Interior que se encontra a maior virtude para o Jiu Jitsu e para a vida.

Segundo Carlos Gracie, ser capaz de manter a serenidade independentemente da situação – seja atacando as costas ou por baixo na montada – é uma das habilidades mais importantes que você pode desenvolver.

 

2 – Falar a todos da felicidade, saúde e prosperidade.

Quantos parceiros de treino você conhece que sempre falam de suas lesões, dificuldades e problemas?

O que eles não percebem é que falar em demasia dos seus problemas não traz nenhuma solução a eles!

Portanto, se for falar do seu dia para alguém, fale apenas daquilo que foi bom e deu certo.

Mesmo com um mundo desabando ao seu redor, seja aquela pessoa que sempre traz assuntos positivos e inspira aqueles ao seu redor.

 

3 – Dar a todos os teus amigos a sensação de que têm valor.

Todo mundo gosta de receber um elogio sincero… porque não espalhar também?

Sempre que notar um colega seu se esforçando, aprendendo novas técnicas ou sendo graduado, elogie! Faça-o sentir importante e evidencie o seu valor.

 

4 – Olhar as coisas pelo seu lado luminoso e atualizar teu otimismo em realidade.

Por mais que sua situação de vida estivesse difícil, Carlos mantinha seu otimismo sempre elevado.

Isso porque nada é ruim por completo. Há sempre um “lado luminoso” em qualquer situação e é para lá que você deve olhar.

carlos-gracie

 

5 – Pensar somente no melhor, trabalhar unicamente pelo melhor e esperar sempre o melhor.

Muito se fala hoje em dia sobre o “poder da mente”.

No entanto, Carlos Gracie já sabia, há décadas atrás, que manter em sua cabeça apenas àquilo que lhe faz bem aumenta suas chances de sucesso.

Muitos podem desistir do Jiu Jitsu ainda no início ou mesmo na Faixa Azul. Mas se você levar seu pensamento, sua fé e seu trabalho duro para cada sessão de treino, com certeza chegará à Faixa Preta algum dia.

 

6 – Ser tão justo e tão entusiasta com respeito ao êxito dos outros como és com o teu próprio.

Assim como visto no 3º mandamento, Carlos Gracie acreditava muito no poder da empatia. Segundo ele, celebrar as vitórias dos seus colegas é valorizar o esforço dos mesmos.

Isso traz benefícios não apenas para o outro, mas para si próprio.

 

7 – Esquecer os erros do passado e concentrar tuas energias nas conquistas do futuro.

Por maiores que sejam os seus erros, existe apenas um sentido a seguir: em frente!

Não é porque alguém passou a maior parte de sua vida se alimentando mal e cultivando um estilo de vida prejudicial que poderá melhorar de hoje em diante.

 

8 – Manter sempre o semelhante alegre e ter um sorriso para todos os que a ti se dirijam.

Carlos acreditava no sorriso como uma corrente do bem, que alegra o dia de quem recebe e de quem dá!

Portanto, onde quer que você esteja – seja em casa, no trabalho ou no tatame – leve sempre um sorriso alegre com você.

Assim como seu irmão Carlos, Hélio Gracie também carregava o seu sorriso ao estivesse

 

9 – Empregar o maior tempo no aperfeiçoamento de ti mesmo, e nenhum tempo em criticar os outros.

Sempre que quiser criticar alguém, olhe para o espelho!

A única pessoa que podemos mudar é nós mesmos! Portanto, salve sua energia para tal.

 

10 – Ser grande demais para sentir desassossego, nobre demais para sentir cólera, forte demais para sentir terror e feliz demais para sentir contrariedades.

Controle emocional é uma virtude essencial não apenas para lutadores, mas para seres humanos em geral.

 

11 – Ter boa opinião sobre ti mesmo e proclamá-la perante o mundo, mas não com palavras altissonantes e sim com boas obras.

Além de valorizar os êxitos de seu colega, você deve aprender a valorizar os seus próprios.

Porém, tome muito cuidado para não trocar sua autoconfiança por arrogância, como Carlos enfatiza.

 

12 – Ter a firme convicção de que o mundo estará ao teu lado, enquanto te mantiveres fiel ao que há de melhor em ti.

Em seu último mandamento, Carlos Gracie fala sobre a fé além das religiões.

Segundo ele, quando você entrega ao mundo aquilo que há de melhor em você, o mundo lhe entrega o seu melhor.

 

Agora é com você!

Fica claro que Carlos Gracie não possuía apenas a habilidade de orientar seus alunos com o Jiu Jitsu, mas de ensinar verdadeiras lições de vida.

Que tal inspirar-se nos 12 Mandamentos de Carlos Gracie daqui para a frente, dentro e fora do tatame?

Se gostou, deixe um comentário abaixo nos contando qual desses é o mandamento mais inspirador para você!

Também aproveite para conhecer nossa página no Facebook e Instagram e YouTube e fique por dentro de nossas novidades e promoções.

Stormstrong Fight Co.

Desde 2005.

    Leave Your Comment

    Your email address will not be published.*

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.